Programa de Estimulação Cognitiva

Este programa irá estimular cognitivamente para aumentar o músculo da memória e capacidade de tomar decisões que influenciará a autoestima e níveis de confiança do idoso. Intercalamos com sessões de coaching motivacional e comunicação positiva e meditações simples.

Este programa é composto por 20 sessões que deverão ocorrer semanalmente no decorrer de 5 meses.

É um programa transformador e que literalmente devolve alegria e motivação pela vida.

NOTA: este trabalho não é possível com pessoas com deficiência mental, salvo exceções a analisar pelos terapeutas. As sessões podem ser dadas na instituição ou na nossa clinica.

MARCAÇÕES

Para as instituições que estiverem interessadas, basta contactar para agendamento de reunião. Também é possível a organização de grupos particulares.

CONDIÇÕES

Numero de sessões: 20 ( 5 meses )

Numero mínimo de participantes por programa: 15

Valor semanal por participante: 10€

Valor total do programa: 200€

AUMENTO DA CAPACICADE DE MEMÓRIA

Para além de combater a baixa autoestima e a criação de medos, a Hipnoterapia também ajuda no aumento da capacidade de retenção de informação do idoso. A Clínica TerapiasDaMente® tem neste momento um programa dedicado exclusivamente à terceira idade para ajudar no aumento da capacidade de concentração e de memória.

Este programa pretende dar aos nossos idosos as ferramentas para que possam contrariar a degeneração das estruturas cerebrais e a perda neuronal.

Por outras palavras vai ajudar a cada sessão, a aumentar a sua capacidade de concentração e memorização para que possam desempenhar as suas funções de uma forma fácil sem as habituais queixas de memória e possam assim disfrutar de um envelhecimento saudável.

FALTA DE MEMÓRIA – EXERCÍCIO PARA AUMENTAR CAPACIDADES DE MEMORIZAR

Problemas físicos e psíquicos associados à falta de memória

falta de memória, mesmo entre pessoas jovens, é uma queixa muito comum. Ao contrário do que se pensa,na maioria das vezes essa dificuldade não é causada apenas por doenças cerebrais específicas ou velhice.

Estimulação Cognitiva

Existem outras causas para a falta de memória como:

  • Traumas;
  • Hipertensão arterial;
  • Diabetes;
  • Doenças cardíacas, respiratórias, oncológicas e de tiroide;
  • Ansiedade e Depressão;
  • Cansaço;
  • Insónia;
  • Angústia / Stress;
  • Fome / Jejum;
  • Barulho / Ruído;
  • Surdez / Problemas de Visão;
  • Dor;
  • Álcool.

COMEÇAR COM PEQUENOS ESTIMULOS

Conhecendo o processo de fixação e evocação é possível melhorar muito a capacidade de memória de uma pessoa.

A memória é uma das funções mais complexa e importantes do cérebro humano. Quando seu rendimento cai surgem dificuldades no trabalho, na escola e na vida social. O ritmo de vida atual é propício para o surgimento desse sintoma em pessoas de todas as classes sociais e faixas etárias.

O processo de memorização inicia-se com a percepção de um estímulo. Devemos prestar atenção nele e destacá-lo dos demais estímulos do meio. O cérebro deve atribuir relevância ao estímulo para memorizá-lo.

Nem tudo é fixado, apenas aquilo que o cérebro considera importante. E o processo não para por aí, depois de fixar é preciso trazer a lembrança de volta, um processo chamado evocação.

Para evocar o cérebro precisa do rastro da memória, é comum a pessoa gravar as coisas e não conseguir evocar na hora certa.

CUIDADOS A TER

Existem cuidados que devemos ter para potenciar o nosso processo de retenção e evocação:

  • AMBIENTE ADEQUADO – É importante trabalhar e estudar em ambientes apropriados. Silenciosos, iluminados e organizados.
  • FAZER UMA COISA DE CADA VEZ – Pensamos em diversos problemas e deixamos passar os dados que seriam relevantes.
  • ESTAR DESCANSADO – O bom funcionamento cerebral depende de descanso. Dormir pelo menos 8 horas ininterruptas de sono por noite , com qualidade.
  • ALIMENTAÇÃO A alimentação influencia a capacidade de memorização. Prefira alimentos de fácil digestão, fracionados durante o dia e em quantidade moderada.
  • EVITAR MEDICAMENTOS PARA DORMIR –Alguns podem afetar um pouco a capacidade de memorização. Use-os com bom senso e sempre com orientação médica.
  • TRATAR DEPRESSÃO E ANSIEDADE– A depressão faz com que os processos cerebrais fiquem mais lentos. O esquecimento pode ser um sintoma da depressão.
  • EXERCITAR O CÉREBRO – Faça coisas rotineiras de uma maneira diferente, mude os caminhos, a mão com que você come e escova os dentes, etc.
  • EVITAR ÁLCOOL E O TABACO
  • REVIVER BOAS LEMBRANÇAS –Memórias ligadas a emoção são mais facilmente fixadas. As emoções positivas tem prioridade sobre emoções negativas.

APLICAÇÃO DE HIPNOSE COMO EXPONENTE DE RESULTADOS

A Hipnose Clínica no resgate de memórias

O nosso cérebro é como um músculo; quando mais treinarmos mais forte fica.
Muitas vezes por força de experiências traumáticas dizemos: “Quero esquecer”, e gradualmente a mente vai respondendo à nossa instrução.
Passamos a não nos conseguirmos lembrar.
A Hipnose Clínica trabalha o trauma e a ansiedade e estimula, depois através de ferramentas de PNL. A Hipnoterapia tem diversas ferramentas que trabalham todos os fatores que influenciam os problemas de memória e quando tudo fica devidamente ajustado e com o devido treino, a memória pode ser potenciada.
Existem também situações em que a pessoa perde a memória. Na clínica trabalhamos esses casos, de uma forma, que muitos podem achar controversa.
Depois de feito o despiste a nível cognitivo e está confirmada a sintomatologia por consequência de um trauma (acidente, susto grande), trabalha-se a nível inconsciente no que a mente não quer lembrar.
Ás vezes a pessoa não sabe, mas é ela que não quer voltar a recordar o passado, por mais conscientemente que tenha vontade reaver as suas memórias.
Este é um trabalho mais profissional que exige o acompanhamento da psicoterapia ao longo do processo.

Exercício

Falta de memória | desafio

Para treinar a sua capacidade de organizar informações, e armazená-las de um modo mais adequado, tente os exercícios de categorização.

Observe a imagem abaixo.
Agora separe as palavras em quatro categorias. Memorize-as.

Quando estiver pronto, escreva as 16 palavras, categorizando-as.

Nota: Se quiser ainda pode continuar o exercício, para trabalhar a sua capacidade de associar ideias. Basta voltar ao quadro e estudar uma sequência de palavras de cada vez, cobrindo s restantes. Então, imagine um cenário onde apareçam todas as palavras.
Um exemplo: o rato amarelo sentou-se na cadeira e foi esmagado pelo leão. Dê um título a essa cena: a morte do ratinho.
Faça isso com todas as sequências e tente recuperar as 16 palavras. Use esta técnica com qualquer sequência de palavras que queira memorizar (compromissos do dia ou a lista de compras do supermercado).

Contacte-nos, teremos muito gosto em esclarecer as suas duvidas.

Programa de Estimulação Cognitiva
4.6 (92.41%) 29 votos